SINOPSE

As mulheres estão em maioria na força de trabalho - mas numa marcada minoria nas posições de liderança. O que explica esta clivagem? Não é falta de ambição, e nem sempre é falta de oportunidade ou discriminação ativa. Não; muitas vezes, o que impede uma mulher de conseguir uma posição de topo na sua carreira é… ela mesma!
As mulheres têm muitas vezes uma relação complicada com a ideia de exercer poder. Duvidam das suas capacidades, abusam da autocrítica e são tão exigentes consigo mesmas que acabam por testemunhar, muitas vezes, a progressão profissional de pessoas menos competentes.
Chegou a altura de as mulheres aprenderem a promover-se a si próprias - literal e figurativamen